Nascer de novo: sair da noite e ir para o dia

Igreja Batista em Quitaúna
Nascer de novo: sair da noite e ir para o dia
/
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

João 3: 1

Como pregador do evangelho, anseio ver as pessoas desfrutando da transformação que Jesus pode fazer no humano. Sei da incapacidade humana em promover essa mudança/conversão/“novo nascimento”. Mas é um tanto frustrante perceber o coração endurecido das pessoas – principalmente religiosas -, as impedindo de vivenciar a experiência de estar na luz…

Estar na noite, na escuridão e na obscuridade é habitar o local do medo, da vergonha e da mentira. Quem vive na noite tem medo da luz, pois sabe que a luz fará com que toda a falsidade e más intenções apareçam, se manifestem.

Quem vive na luz não é perfeito… Mas vive sem vergonha, vive na liberdade do Espírito, vive sem ter o que esconder, vive como perdoado e redimido. Quem nasce da água e do Espírito vive a humanidade que Deus deseja para cada um de nós: cheia de bondade, amor, perdão e domínio próprio, graça e misericórdia. Sem ressentimento, mágoas e com feridas cicatrizadas.

Enquanto as trevas da noite destroem nossa relações, família e adoecem a igreja com seu legalismo, supressão da Vida e literalismo arcaico, a luz de Jesus nos permite vivenciar a experiência da transparência, uma experiência de humanos pacificados, experimentando o novo que há em Jesus!

Nicodemos em sua religião envelhecida estava na noite. Conhecia o Deus que era, mas não o Deus que É. Oro para que possamos experimentar esse novo nascimento que nos conduz à luz e nos tira das trevas da surdez e cegueira de uma religiosidade ultrapassada.

Luz! Que vivamos nEle, deixando todo o medo para trás!

Abraço fraterno,
André Anéas

Rolar para cima