A fascinação totalitária que destrói as relações

Igreja Batista em Quitaúna
A fascinação totalitária que destrói as relações
/
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Marcos 10: 35

Todos nós corremos o risco de nos fascinar com lógicas totalitárias, fascistas, ditatoriais. Não somente no espaço público-politico, mas nas relações humanas, queremos dar a última palavra, “mostrar quem manda”.

Esse caminho intoxica as relações. Transforma conversas em monólogos. Deixamos de aprender com o próximo, de nos edificar mutuamente enquanto humanos. Nossa vida é empobrecida.

“Não será assim entre vocês”, disse Jesus. Ele propõe outro caminho, que não é o da glória, das altas posições e, tão pouco, do autoritarismo em nosso modo de ser no mundo. A proposta de Jesus é humana, do serviço ao outro, livre das armadilhas de um ego inflado.

Que tenhamos como ambição, a partir da espiritualidade de Jesus, uma vida de doação, entrega e olhar para o outro. Esse caminho conduz a Vida, o outro é tentação do diabo, que conduz para a morte. Escolhamos a Vida!

Abraço fraterno,
André Anéas

Rolar para cima